Dieta sem glúten?

Imagine-se sem glúten

Libertar-se do Gluten parece causar alguma confusão sobre o que isso significa. Evita-lo é uma escolha dietética em crescimento, refletida pelo aumento de opções nos menus de restaurante e por uma grande variedade de seleção de produtos nas prateleiras do supermercado. Tal como qualquer tendência de dieta, é importante obter informações acerca da alergia ao glúten para tomar uma decisão informada sobre quaisquer alterações aos seus hábitos alimentares.Intolerância gluten

Então, o que é alergia?

O glúten é um tipo de proteína encontrada no trigo e em outros grãos semelhantes, incluindo espelta, kamut, triticale, cevada, trigo, farro, centeio e cevada. A aveia também parece causar alguns problemas para as pessoas com sensibilidade. A sensibilidade ao glúten varia de uma ligeira intolerância, tal como uma alergia leve a trigo, a reações muito mais graves, incluindo a doença celíaca. Independentemente da gravidade dos sintomas, alergias são geralmente definidas como a incapacidade do estômago em digerir a proteína do trigo.

Como posso saber se tenho alergia?

Muitas vezes, os sintomas de alergia ao glúten não são particularmente notados até serem comparados com as grandes melhorias observadas quando evitamos consistentemente produtos com trigo.

Os sintomas de alergia incluem:

  • Flatulência
  • Inchaço
  • Movimento intestinal anormal
  • Fadiga
  • Fraqueza
  • Vómito
  • Perda de peso inexplicada

Porque uma alergia não diagnosticada pode levar a condições muito mais graves, é importante verificar com o seu médico se você estiver enfrentando qualquer combinação consistente dos sintomas acima descritos. Existem vários testes para fazer seguimento que determinam se você tem ou não uma condição médica que requer cortar o glúten totalmente da sua dieta. Independentemente disso, a crescente popularidade dos alimentos sem glúten é uma prova convincente no alívio do desconforto gastrointestinal e outros sintomas que muitos experimentam quando começam a evitar o consumo de produtos de trigo.

Devo evita-lo completamente?

Com o número de sintomas desagradáveis ​​atribuídos ao consumo de glúten, parece haver muitas razões para evitar produtos de trigo completamente. No entanto, a maioria dos nutricionistas tende a discordar, devido aos muitos benefícios à saúde de uma dieta rica em produtos de trigo integral. Os cereais integrais são excelentes fontes de fibras, ferro e vitaminas do complexo B. Considerando-se quanto o glúten é comum entre os alimentos básicos dos americanos, uma dieta sem glúten e particularmente difícil de “colar”. Felizmente, existem algumas opções interessantes alternativas lá fora, para aqueles que não podem ou não querem comer alimentos com proteína de trigo.

Como a não ingestão funciona em mim?

Libertar-se de Glúten não significa que você tenha que desistir de grãos completamente. A quinoa, o milho, o amaranto, o arroz são outras opções que podem manter a sua dieta rica em grãos. Alternativas à farinha de trigo, geralmente feita com grão-de-bico, arroz integral, ou sorgo, significam que você não tem que necessariamente desistir de pão e de outros produtos panificados. Batatas e outros vegetais de raiz em amido são bons para aqueles com sensibilidade. A ingestão de mais frutas e vegetais também é incentivada, para garantir que está a receber a sua dose diária recomendada de fibra. Independentemente de sua motivação para não ingerir glúten, esses alimentos têm muitas qualidades benéficas e não faria mal inseri-los na sua dieta para uma abordagem mais aventureira para a uma boa saúde.

PureNourish da Ariix Garante-lhe nutrição completa sem glúten. Um substituto de refeição completo sem glúten, e com a perfeita cominação de proteínas de ervilha, arandano e amêndoa, 19 vitaminas e minerais, enzimas digestivos bem com pré-bióticos e pró-bióticos, sem OGMs ou derivados do leite, totalmente compatível com vegans.

Doença Celiaca

2016-12-29T06:13:54+00:00 May 26th, 2013|